Warning: Undefined array key "options" in /home/u630391222/domains/irmasdospobres.com/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 194
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Ao Papa Francisco

Creio na Igreja, creio na unidade

A profissão de fé que fazemos na liturgia dominical é expressão de nosso seguimento a Cristo. Cremos na Igreja que Ele fundou, na mesma fé recebida no batismo, na ação do Espírito que anima a comunidade e nos torna irmãos no mesmo ideal. Temos uma cabeça na Igreja que é o Cristo, guardada fielmente pelos Apóstolos, representada pelo nosso Papa. Nós, os católicos formamos comunhão com o chefe visível da Igreja e com ele evangelizamos. A catolicidade é um dom e quem professa sua fé nesta Igreja deve ser responsável pelo cuidado da Boa Nova e zelar ardentemente pela salvação das almas.

Em cada época da história, o Espírito suscita na Igreja líderes segundo o coração de Deus. Nossos Papas, com suas fragilidades buscaram e buscam a unidade e a paz. A cada um foi dado o discernimento diante dos conflitos do mundo para servir Cristo como autênticos pastores. Sempre foram perseguidos e continuarão a ser, não só pelos inimigos do catolicismo, mas hoje pelos próprios católicos que seguem ideologias à parte, seguem pseudo-cristos. Existem muitos, que rezam o credo num ar de piedade, mas odeiam Francisco e os que vieram antes dele. O que na verdade estão fazendo é dividir. Estes já estão fora da comunhão, só falta coragem para ‘desprofessar’ a fé, pois já perderam a seiva da eclesialidade. Ser Católico é unir, é amar, é acolher o sopro do Espírito e abrir-se à missão de testemunhar o Ressuscitado.

Francisco faz o que o Senhor lhe pede, não tem medo, rompe com sistemas agressores, vive a paz e a fraternidade, constrói pontes. Sua maneira de ser é provocativa e incomoda quem está fora da luz. Quem vive alheio a Deus tem sobre si a sombra dos que manipulam a alma. Francisco atrai porque ama. Mexe na consciência dos armados e dos retrógrados, dos cristãos sem Cristo, daqueles cujas palavras são ventos de uma fé alienada. Os que mais o criticam são os mais passivos no compromisso com a bondade.

Minha eterna gratidão aos nossos Papas e de modo especial a Francisco. Vai Santo Padre e não olhe para trás, tua vida é sagrada. Conte com minhas orações.

Paz e bênçãos Francisco!

Por Pe. Nilton Cesar Boni, cmf

Missionário Claretiano, sacerdote, formador do Filosofado Claretiano em Belo Horizonte/MG

Comente o que achou:

Uma resposta

  1. Graças a Deus por essa nova forma de evangelizar, de comunicar o carisma do nossa fundador São Luis Palazzolo através da internet!
    E essa charge é espetacular! Assim como a profissão de fé de Pe. Nilton.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais

Posts Relacionados:

Eu, filho “abençoado’’

Eu, filho “abençoado’’

Nunca escrevi uma autobiografia, não tive nem tempo nem ambição, mas agora que cheguei ao "Lar definitivo", o destino de todos, sinto vontade de vos contar a minha história. Não

Ao Papa Francisco

Ao Papa Francisco

Creio na Igreja, creio na unidade A profissão de fé que fazemos na liturgia dominical é expressão de nosso seguimento a Cristo. Cremos na Igreja que Ele fundou, na mesma

Prepare-se: vem aí o 5º Congresso Missionário

Prepare-se: vem aí o 5º Congresso Missionário

Imagem: Divulgação "Ide! Da Igreja local aos confins do mundo” é o tema do 5º Congresso Missionário Nacional, marcado para o período de 10 a 15 de novembro próximo, em

“O comunicar é da essência do Cristianismo”

“O comunicar é da essência do Cristianismo”

Novo bispo auxiliar de Curitiba, dom Zico, é apresentado em missa celebrada na Catedral Basílica de Curitiba Foto: Joka Madruga/Fraterno72.net Por Sandra Nassar O apelido veio dos tempos de seminário

Vem para fora, vem para a vida!

Vem para fora, vem para a vida!

Foto da pintura: Dimitris Vetsikas/Pixabay A impactante narrativa da ressurreição de Lázaro (Jo 11,1-45) nos permite conhecer melhor o poder de Jesus sobre a morte. Com a Páscoa, acontece a

Vai Francisco

Vai Francisco

Foto: italomesu/Cathopic O Papa Francisco deveria se chamar “Ousadia”. Me encanta seu atrevimento, sua coragem, seu zelo carinhoso pelas coisas de Deus. Francisco é a expressão de um Jesus apaixonado