Warning: Undefined array key "options" in /home/u630391222/domains/irmasdospobres.com/public_html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/theme-builder/widgets/site-logo.php on line 194
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

O CARISMA

O carisma é o dom que o Espírito Santo oferece a uma determinada pessoa para o bem de toda a comunidade cristã.

As Irmãs da Pobreza vivem o carisma que o Espírito deu ao Beato Luigi Maria Palazzolo e à Madre Teresa Gabrieli.

Ambos se deixaram questionar e maravilhar com o amor misericordioso e infinito de Deus, revelado por meio de seu filho Jesus.

EmJesus, Deus se despojou de sua divindade, encarnou-se na pobreza de Belém, viveu trinta anos no cotidiano de Nazaré fez-se servo dos homens a ponto de lavar-lhes os pés, e amou-os a ponto de morrer nu na cruz.

Da contemplação deste amor nasce a resposta de Palazzolo e de Teresa Gabrieli, uma opção de vida que se torna um serviço concreto de caridade para com os últimos, nas pegadas de Jesus, como Jesus, por amor de Jesus.

O carisma das Irmãs da Pobreza se baseia em algumas imagens evangélicas.

DEUS
PAI Palazzolo dirige-se a Deus com o título de Infinito Amável, não o sente desprendido e distante, mas como uma Pessoa que conheceu verdadeiramente e que encheu a sua vida de alegria e sentido. Ele sente Deus como um Pai que acompanha o caminho de cada homem, especialmente o dos pobres.

A FAMÍLIA DE NAZARÉ
Jesus, Maria e José vivem “a vida mais ordinária da maneira mais extraordinária”, ou seja, uma vida dedicada a responder às pequenas e grandes necessidades quotidianas das pessoas a eles confiadas e, ao mesmo tempo, uma vida imersa em Deus, portanto rica de comunhão e de amor recíproco.

JESUS SERVO
É a imagem que Palazzolo propõe nas primeiras Constituições das Irmãs dos Pobres imagem claramente expressa no “lava-pés” com o qual o Fundador pretende sublinhar o serviço amoroso recíproco das irmãs a cada uma outros e o serviço humilde aos irmãos mais pobres.

JESUS CRUCIFICADO
A contemplação de “Jesus que morre nu na cruz” totalmente entregue ao Pai e aos homens leva Padre Luís a uma escolha radical: “tornar-se pobre entre os pobres e servir aos mais abandonados”.
Durante o curso de exercícios espirituais em 1869 em Roma, ele observou: “Senti o desejo de nunca me afastar do Deus mais amoroso. … Ocorreu-me que Jesus morreu nu na cruz e, no entanto, senti o desejo da pobreza, de abandonar tudo”.